quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Infinitas Graças

Texto que acompanha a imagem:

"São Judas Tadeu, venho te dar graças por livrar-me de uma situação difícil e poder me esconder a tempo para que meu compadre não me encontrasse com sua mulher em sua cama. Te ofereço isto porque ele nunca se deu conta que é um corno. Juro que nunca mais vou voltar a fazer isto. Perdoa-me, mas o corpo é do demônio. G.R. Tacubaya, México D.F. 28 de Maio de 1989."

Imagem retirada do livro "Infinitas Gracias" de Alfredo Vilchis Roque

Nenhum comentário: