sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Ensaio sobre a cegueira


Depois de assistir ao ótimo "Ensaio sobre a Cegueira" vasculhei a internet a procura de informações e críticas sobre o último filme de Fernando Meirelles. Este texto é para dizer que o filme é primoroso e para mostrar parte de minha pesquisa. Aproveitem!

01. Um diário de produção (blogdeblindess.blogspot.com) escrito pelo próprio Fernando Meireles com preciosas reflexões como esta que reproduzo abaixo:

"A primeira imagem que me veio ao ler o “Ensaio Sobre a Cegueira” foi a da nossa civilização como uma complexa estrutura, como aquelas que se formam ao acaso no jogo de pega-varetas. De repente, uma vareta é retirada (a visão) e a estrutura toda desaba. Me interessei por esta história porque ela expõe a fragilidade desta civilização que consideramos tão sólida. Em nossa sociedade, os limites do que achamos que é civilizado são rompidos cotidianamente, mas parece que não nos damos conta, a barbárie está instalada e não vemos ou não queremos ver. Para mim, era sobre isso o livro. A metáfora da cegueira branca ilustra nossa falta de visão. “Eu não acho que ficamos cegos”, diz um personagem. “Acho que somos cegos. Cegos que podem ver, mas não vêem”. Por quanto sofrimento precisamos passar para que consigamos abrir os olhos e ver? Essa foi a primeira questão que me coloquei ao fechar a última página."

02. A ótima crítica do Pablo Villaça no site Cinema em Cena.

03. Um vídeo que mostra diretor e atores falando sobre o filme:



04. Uma frase sussurrada no meu ouvido durante a projeção do filme: "O filme mostra a humanidade guiada por uma mulher".

Imagem capturada em http://www.cinemaemcena.com.br/Ficha_filme.aspx?id_critica=7284&id_filme=6078&aba=critica

Nenhum comentário: