sexta-feira, 25 de junho de 2010

Morte aos Papagaios

Para questionar quem faz design do “jeito certo”, discutir verdades absolutas, discordar dos discursos instaurados e colocar nossas experiências pessoais e nossa história de vida no design que fazemos. Morte aos Papagaios!

"Nosso repertório real nada mais é do que aquilo que somos. [...] Saber quem realmente somos, quais são as nossas reais referências sejam elas eruditas ou não, estejam elas na moda ou não. Nos aprofundarmos nas coisas que realmente nos interessam. Não nos preocuparmos em repetir os códigos 'certos', mas nos preocuparmos em criar nosso próprio alfabeto de idéias.
[...] E a única verdade possível é a sensível. Uma verdade individual, o submerso e intransferível 'eu' que cada um de nós carrega consigo. Elementos diversos apreendidos das mais aleatórias fontes de nossa vida e que incorporamos de fato a nossos hábitos, prazeres e opiniões. Elementos depositados e encadeados sem qualquer organização hierárquica. [...] Além de um necessário raciocínio objetivo, nosso trabalho é aquilo que sentimos e pensamos, nada mais."

Livro: Morte aos papagaios
Autor: Gustavo Piqueira
Editora: Ateliê Editorial

Nenhum comentário: