terça-feira, 9 de novembro de 2010

Foda-se!

Meio de semana;
Aula desmotivada embalando performances constrangedoras;
Distâncias descritas em comparações tardias;
Trabalho sem surpresas;
Compulsão quase mórbida por preguiças;
Cheiro de cigarro invadindo as narinas;
Fogo adolescente entorpecido e entorpecendo;
Alergia e pó desconhecendo uma trégua;
Coldplay para os momentos fáceis;
Xixi na madrugada e pesadelos na cozinha;
Gorduras ditando um cardápio sem sabor;
Delírios de consumo aumentando os dias do mês;
Bancas e avaliações acadêmicas;
Cabelo gerando discórdia generalizada;
Pneu furado;
Retorno frustrado;
Apertos monopolizando o quarto;
Vontades reprimidas;
Lágrimas apressadas e apertadas;
Janela fechada para dormir;
Conversas invadindo vontades de silêncio;
Para tudo isso e mais um pouco: FODA-SE!

Imagem montada à partir de desenho capturado em http://blogs.seattleweekly.com/author.php?author_id=475

3 comentários:

Gardene Leão disse...

Adorei, Wolney!!!!!!!!!!!!!!!

Ao som da musiquinha:

Fuck you (fuck you)
Fuck you very, very much!!!!!!!!!!!!

Uma Rapariga Simples disse...

Hoje estou assim!

Deire Assis disse...

Você é surpreendente, amigo.