sábado, 6 de agosto de 2011

Asas do Desejo

"Quando a criança era criança, andava balançando os braços. Desejava que o riacho fosse rio, que o rio fosse torrente e essa poça, o mar.
Quando a criança era criança, não sabia que era criança. Tudo era cheio de vida e a vida era uma só.
Quando a criança era criança, não tinha opinião, não tinha hábitos, sentava-se de pernas cruzadas, saía correndo, tinha um redemoinho no cabelo e não fazia poses para fotos."

Prólogo do filme "Asas do Desejo" (Wings of Desire, GER, 1987). Imagem capturada aqui.

Nenhum comentário: