sexta-feira, 6 de abril de 2012

Seres Incompletos


Reencontro, aqui e ali, pessoas do meu passado [como se meu passado fosse um lugar] que me atribuem frases e gestos de que não me recordo, embora acredite ter sido o seu autor. Vencido um certo desconforto - parece que falamos de uma terceira pessoa, ausente - sobra uma sensação de quase culpa por não ter guardado essas memórias devidamente, a que se junta a súbita consciência de que a memória não nos pertence.

O nosso passado assemelha-se a uma civilização perdida, da qual se encontram espalhados pelo mundo vestígios arqueológicos que nos transformam para sempre em seres incompletos.

Imgem capturada aqui.

Nenhum comentário: