sábado, 22 de setembro de 2012

Você não mora mais aqui


Reaprendi a achar graça no cotidiano. Voltei a estender a mão só pra sentir os pingos da chuva e entendi que nem tudo precisa ser monótono. Passei a acreditar que aquele pôr do sol foi feito só pra mim e que o gosto meio amargo do chocolate é mero acaso.

Consigo sorrir novamente sem fazer festa para encobrir o silêncio*. A beleza voltou para o seu lugar em cada canto, em cada tempo, em cada despertar.

Já ouço "Fica" do Chico sem que a última estrofe me prenda em pensamentos vagos porque o meu coração, antes vazio, transborda o perfume do agora.

"Diz que é pra tomar cuidado
Sou um desajustado
E o que bem lhe agrada, meu bem
Mas fica
Mas fica, meu amor
Quem sabe um dia
Por descuido ou poesia
Você goste de ficar"

Com o gosto dos alívios na boca, abro os olhos e percebo que você não mora mais aqui.

[*] Citação do livro Mrs. Dalloway de Virginia Wolf.

Nenhum comentário: