sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

A Volta pra Casa


O segundo suspiro do ano aqui no blog começa com um reconhecimento. Acordei pensando nesse espaço aqui, em todas as situações inusitadas e experiências únicas que tiveram o blog como interlocutor. Preciso retomar todas as coisas sagradas que a minha escrita representa, a metáfora de mim.

E não só! Seja pela escrita ou pelas imagens ditas pelas minhas mãos, todo o meu fazer poético grita delicadamente a língua da vida - sem traduções desmedidas nem interpretações vagantes. É preciso saber ouvir tudo isso. É preciso saber voltar.

Imagem: Wolney Fernandes

Nenhum comentário: