segunda-feira, 15 de abril de 2013

Pequenas racionalidades


Como a brisa fria que teima em vencer paredes e toldos, ali pela quinta marcha um pensamento chega sem aviso: Talvez eu só queira voar. Com o cérebro encharcado de aleatoriedades, você se apega a pequenas racionalidades, essas preocupações mesquinhas habituais que tanto ocupam nosso tempo numa segunda-feira: voar!

Talvez, se os bons ventos soprarem à favor, minha vida finalmente exploda num carnaval que não chega nunca. Talvez, no mais simples esforço de manter o atual status quo, as melhores epifanias dos últimos 17 anos aconteçam. Talvez...

Talvez, eu só queira voar, mas não saiba para qual lado o vento vai soprar.

Imagem capturada aqui.

Nenhum comentário: