terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Asterios Polyp



Comprei essa HQ há um ano atrás e ainda não tinha lido. No final de semana eu comecei a ler e fiquei fascinado pela história de Asterios, um arquiteto academicamente renomado, que perde tudo o que tinha quando um raio atinge seu apartamento.

Dessa perda, nasce a possibilidade de um recomeço trabalhando como mecânico e de uma revisão de vida para entender o que deu errado naquela trajetória aparentemente bem sucedida.

E são nestas memórias de Asterios que estão os momentos mais bonitos da história, desde o começo da relação dele com a ex-mulher, passando pela carreira que ele construiu em torno de projetos arquitetônicos que nunca saíram do papel.

As soluções gráficas que o autor utiliza para enfatizar as emoções dos personagens são geniais e vão desde a utilização de diferentes tipografias para as falas até a mistura de cores que, a cada lembrança e a cada cena, nos ajudam a mergulhar na história.

Gostei bastante, principalmente porque é uma crítica consistente de quem vive sobrepondo teorias sobre a experiência (cof! Acadêmicos, se mordam! cof!). Mas a força maior da história reside nos gestos que repetimos cotidianamente e que compõem o tecido que recobre essa tal felicidade que tanto almejamos.

Recomendadíssimo! Um dos melhores livros que eu já li!
_______________

Asterios Polyp [5/5]
David Mazzucchelli
Quadrinhos na Cia.

Nenhum comentário: