quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Auto-Ajuda

Eu detesto, odeio e abomino trecos de auto-ajuda e similares, mas o eterno otimismo que vive em mim, deixou brotar isso aqui:

A briga, a dívida, a dor, a mágoa, a dúvida, a raiva, tudinho vai passar, então pra que tanta gravidade? Já fez tudo o que podia para resolver o problema? Parou, chorou, respirou fundo, comeu chocolate e pediu arrêgo? Ótimo, hora da idiotice: entre na Internet, jogue queimada, tome uma limonada suíça, vá por um caminho diferente, cantarole no trânsito! Tá numa de empinar pipa no sábado? Vá. E suje a roupa na grama, por favor.

14 de março de 2008
Imagem: Wolney Fernandes

Nenhum comentário: