sábado, 9 de agosto de 2008

Divina Elza

Do alto dos seus 70 anos, com aquela voz que rasga o ar, Elza Soares incendiou o Teatro Rio Vermelho nesta sexta-feira. No show "Beba-me" ela reinventou alguns dos maiores sambas de sua longa carreira.

Elza tem uma presença em palco fantástica, uma voz única e um carisma que atravessou décadas sem oscilação. O show começou à capella com “Meu guri”, tornou-se dançante nos (excelentes) sambas e surpreendeu na lindíssima “Pranto livre” onde a cantora prescindiu do microfone (Imagina isso? Se não, veja o vídeo abaixo).

Em determinado momento, ela faz de “Lata d´água” a história de vida dela própria, substituindo na letra da música a palavra "Maria" por "Elza" e com "Rap da felicidade" o teatro transformou-se numa enorme festa. Ninguém conseguiu ficar sentado e todo mundo correu pra perto do palco pra cantar e sambar juntos dessa deusa da música brasileira.

De arrasar!

04 de Julho de 2008
Imagem: Ingresso do Show

Nenhum comentário: