sábado, 16 de agosto de 2008

Geografias Íntimas

Aprendi que as geografias íntimas não se descrevem ou decoram... ficam na ponta dos dedos... queimam em silêncio.

Imagem: Wolney Fernandes

Nenhum comentário: