sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Instantes Anteriores

a) Num fim de tarde "desguardar" aquilo que o coração carrega como movimento que o ajuda a pulsar;

b) Sentir nas conversas sinceras os solavancos da vida lutando para não se esvair;

c) Correr entre bocas abertas e desesperadas, enchendo as mãos com esperanças mais pequenas para devolvê-las ao lugar onde sabia que deveriam estar;

d) Reconhecer que, embora desencontrada e redimensionada, a paixão permanecia, certa e imensa.

Foto: Wolney Fernandes

Nenhum comentário: