segunda-feira, 27 de julho de 2009

Pretextos

De onde vem essa inquietude que me entorpece os sentidos?
Almejo ventos de ouvir, pois brisas de silêncio já não me refrescam mais.
Na superfície, desejo imagens caligrafadas com pretextos absurdos. No fundo, quero destampar essa saudade descabida para transbordá-la em canções e sussurros de ninar.

Imagem: Wolney Fernandes

Nenhum comentário: