terça-feira, 6 de outubro de 2009

No cemitério

Estranhezas e bonitezas de um cemitério no Rio Grande do Sul:

1. Túmulos em forma de casas com alpendres e plantas na fachada;
2. Lápides pintadas de rosa;
3. Budas e Cristos (redentores) velando mortos/as;
4. Coroas de flores enferrujadas;
5. Cruzes que parecem saídas de um filme do Drácula;
6. Paredes guardando corpos e lindas tipografias;
7. Vasos com flores desbotados sobre forros de crochês.

Foto: Rosi Martins

Um comentário:

Anônimo disse...

Detestei o comentário pois sou do sul,com orgulho!Aqui temos o costume de relembrar nossos mortos com aquilo que um dia vivenciaram junto a nós,pois sei que ai por cima na tu a região nego morre todo dia e pouco valor se lhe é dado...cuidado com o que comentas...podes estar referindo-se ao preconceito de uma região ....detestei o comentário.