quarta-feira, 28 de abril de 2010

Dois Lados

"Separo o que conheço
De um lado é o que sou
Do outro quanto esqueço
Por entre os dois eu vou

Não sou nem quem me lembro
Nem sou quem há em mim
Se penso me desmembro
Se creio, não há fim"

Texto: Música de Renato Motha sobre poema de Fernando Pessoa
Imagem: Wolney Fernandes

Nenhum comentário: