terça-feira, 3 de agosto de 2010

Nunca

"Quando eu for, um dia desses,
Poeira ou folha levada,
No vento da madrugada
Serei um pouco do nada,
invisível, delicioso"

[Mário Quintana]

Imagem capturada em http://armazendatuca.blogspot.com/2009_09_01_archive.html

Nenhum comentário: