domingo, 12 de setembro de 2010

"Uma história de Lagolândia"

Dona Abadia é uma 'menina' de quase 80 anos, poetisa popular, pé-de-valsa e amiga dos abraços de alecrim. Vez por outra, conta histórias de Lagolândia em versos que ela mesmo escreve entre risos que atravessam acordes de imaginação. Por ocasião da minha defesa de mestrado, ela escreveu pra mim, o poema que reproduzo abaixo e que só agora, 1 ano e meio depois, chegou em minhas mãos:
"Vou lhe contar uma história que vai ser muito boa

Lagolândia antigamente chamava Lagoa

Eu vou contar mais ou menos as coisas que eu sei
Eu vim conhecer aqui foi depois que eu me casei

Lagolândia é uma cidade histórica que muita gente não acredita
Antigamente tinha uma salão que era o hospital da Dona Dica

Dona Dica era uma mulher famosa por este Brasil inteiro
Vinha gente de todo lugar, até do Rio de Janeiro

Dona Dica era uma mulher muito caridosa que tinha o coração nobre
Curava os enfêrmos e casava as moças 'pobre'

Depois aconteceu uma tragédia que todos os moradores 'se assombrou'
Esta história virou uma revolução que o povo todo lutou

Eu vou lhe contar, mais ou menos, do jeito que a notícia correu
Deu uma chuva muito forte e o rio encheu

Foi uma correria que o povo entrou em despespero
Dona Dica caiu no rio e foi tirada pelos cabelos""

Compositora: Abadia da Silva Camargo
Foto: Wolney Fernandes

Nenhum comentário: