sábado, 19 de março de 2011

Desenformados

Depois de caminhar o dia inteiro pelas ruas da Cidade de Goiás, nossa vontade era encerrar a maratona com um bom empadão goiano. A porta do restaurante, entreaberta, trouxe dúvidas se o estabelecimento já estava funcionando. Resolvemos arriscar e entrar. Antes de chegarmos ao fim do corredor, uma mulher veio nos avisar: "Ainda não abrimos, pois os garçons só chegarão em meia hora". Perguntamos a ela se havia a possibilidade de comprarmos dois empadões para viagem. A fome aliada à vontade de experimentar a iguaria nos atravessava e foi com alegria que ouvimos a mulher dizer que era possível atender nosso pedido.

Com rapidez ela já foi preparando o pacote e desembuchou: "São R$ 9,00... [pausa] ...cada um!". Levamos um susto e perguntamos o porquê do preço elevado. Ela, displicentemente nos explicou que estávamos pagando também pela fôrma onde o empadão fora assado, pois não era possível desenformá-lo. Empertigados, argumentamos: "Mas não queremos o recipiente. O que vamos fazer com uma fôrma de empadão? Nesse caso, preferimos comer aqui mesmo".

Contrariada, ela sentenciou que só seria possível comermos ali depois da chegada dos garçons. Fomos pra porta do restaurante e sentamos na calçada à espera dos mesmos. Meia hora depois, a mulher sai pela porta e com esperança perguntamos: "Os garçons já chegaram?". Ela, toda displicente e faceirando pela calçada responde com aquele desdém típico de quem não está nem aí: "Não, eles saíram bem tarde e nem sei que horas eles chegam."

Indignados e esfomeados, abandonamos nosso posto de espera para irmos embora. No caminho, topamos com outro estabelecimento que dizia em letras bem grandes: "Empadão Goiano". Novamente animados, entramos e, sem olhar no cardápio, solicitamos: "Dois empadões e uma Coca-Cola". Na hora da conta, o moço do caixa anuncia: "São R$ 24,00". Novo susto! Nos entreolhamos e, já com a respiração fora de ritmo, arriscamos perguntar: "Qual o valor de cada empadão?". "Dez reais" é a resposta que recebemos.

A ponto de nos jogarmos pela escadaria abaixo, pagamos sem dizer uma só palavra e saímos pela rua afora com aquela sensação de patetice estampada no rosto. Pagamos R$ 1,00 a mais pelo empadão e ainda saímos desenformados.

Imagem capturada aqui.

Um comentário:

Agno disse...

Putz, que golpe!!
Essa inflação do preço era por causa do feriado ou esse preço ta fixo? Deus nos livre!!