segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Na Mesma Toada




Em passos lentos, ali no meio da manhã, ela empreende uma caminhada diária e constante. Seu ir e vir é sempre pelo abrigo que a sombra do muro desenha no chão.

Da janela do meu quarto, meus olhos passeiam com ela naquela vontade de ajustar meus passos no mesmo ritmo, na mesma toada.

Fotos: Wolney Fernandes