domingo, 30 de dezembro de 2012

Respingos de Dezembro


01. No metrô de São Paulo, sentada no canto da escada, a moça chora compulsivamente falando ao telefone. Meu desejo é retornar e oferecer o ombro para ela chorar.

02. Na barraca de frutas, o moço segura o bebê e a moça faz toda a transação econômica.

03. Um senhor vestido com camisa verde limão reclama e não se conforma por ter que esperar na longa fila do banco. Sai xingando alto e se recusa a ficar ali como todo mundo. Dez minutos depois ele retorna calminho, retira a senha e se posiciona silenciosamente no final da fila. Fico com vontade de perguntar o que aconteceu lá fora nesse curto intervalo de tempo.

04. Um grupo de garis se reúne embaixo da mangueira no meio da avenida tentando derrubar mangas a pedradas. Sinto vontade de me juntar a eles.

05. Olho pela janela bem cedinho e acompanho o limpador de piscina terminar o trabalho no condomínio ao lado. Ao final, ele deposita a rede no chão, tira os chinelos e, furtivamente, molha os pés na água.

Foto: Wolney Fernandes

Um comentário:

profalice2fm disse...

... tive vontade de também molhar meus pés na água da piscina, furtivamente.