segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Adiamentos


Comprei esse moleskine em 2008. Prometi a mim mesmo que só iria escrever nestas páginas numa ocasião especial.

O caderninho estava guardado. Minto! Estava perdido mesmo. Escondido, à espera de eventuais ocasiões especiais.

E agora está em cima da estante, ainda por abrir. Ele, à minha espera e eu à espera não sei de quê. Um objeto mitificado e um sujeito que gosta de adiamentos e fantasias.

Nenhum comentário: