sexta-feira, 9 de março de 2012

Infinitivos

Rir de mim mesmo.
Ver seriado antigo.
Olhar nos olhos até tremer as pernas.
Escutar a chuva depois de apagar a luz para dormir.
Acordar e descobrir que ainda posso dormir por mais algumas horas.
Receber ligações depois da meia noite que duram duas horas.
Cantarolar letras de música na ponta da língua.
Abrir a janela e dar de cara com a lua.
Brigar quando a vontade pedir.
Tomar água com gás.
Dizer "não" sem me culpar.
Chorar no cinema.
Desenhar no parque.
Gastar tempo com amigos.
Ter alguém mexendo no meu cabelo.
Datilografar cartas de amor.
Sonhar com coisas boas.
Sorrir ao ver o telefone tocar.
Viajar para lugares que nunca fui.
Ouvir música no modo aleatório.

Imagem capturada aqui.

2 comentários:

Gwavira Gwayá disse...

comprar uma máquina de escrever... tamborilar seus teclados, fazendo música enquanto alinha os pensamentos... desenhar poesia com percussão...

acontece! disse...

Brincar na rua com as crianças a té tarde e entrar para dentro de casa com os pés cheios de poeira e terra, e tomar um belo banho feliz e dormir.